O que não pode faltar na nossa necessaire em viagens longas de avião

IMG_3948
Beleza e Saúde
Maio 03.2017

 

IMG_3948 Foto: Acervo Style Guide

 

Antes de tudo não podemos nos esquecer que nas  viagens de avião não podemos levar produtos em aerosol e as embalagens não podem passar dos 100 ml.

    A umidade relativa do ar dentro da aeronave costuma ser muito baixa, algo por volta de 10%, o que gera um ressecamento intenso e brusco da nossa pele, cabelos, olhos, nariz e lábios. A pele ressecada encontra-se mais vulnerável a processos alérgicos e infecciosos portanto, nãé bom descuidar. Sabendo destes detalhes devemos caprichar na hidratação da pele antes da viagem usando um bom hidratante em todo o corpo antes de  sair de casa. É bom levar também uma quantidade extra caso precise reaplicar o hidratante durante o vôo. Outra área que sofre muito com o ressecamento são os nosso lábios. Por mais que eles estejam ressecados, não devemos passar saliva pois a saliva costuma causar forte irritação na pele e piorar o ressecamento. Leve sempre um hidratante labial e passe a vontade. Quem usa lentes de contato não pode esquecer de levar um colírio lubrificante para aplicar sempre que sentir os olhos ressecados. Por uma questão de praticidade é sempre bom ter a mão lenços umedecidos para a limpeza da pele e para retirar resíduos de maquiagem. Os cabelos podem permanecer presos desde que não seja de forma apertada e, podemos aplicar algum creme leave-in nas pontas para evitar o ressecamento.

    Viajar é sempre bom mas traz alguns prejuízos ao nosso corpo além da pele. A mudança de fuso horário, a privação de sono, o cansaço e a má alimentação podem gerar quadros de irritabilidade, dores pelo corpo, problemas gastrointestinais, edemas nos membros inferiores e aumento do risco de trombose. Em vôos longos, esses riscos são ainda maiores. Devemos evitar ingerir bebidas alcoólicas e aumentar a ingestão de água pois a desidratação aumenta a chance de trombose. Se possível devemos nos movimentar durante o vôo e, enquanto estivermos sentados, devemos movimentar as pernas e pés e usar meias elásticas se for indicado pelo seu médico .

Fontes:

 1-Guéhenneux SGardinier SMorizot FLe Fur ITschachler EGuéhenneux SGardinier SMorizot FLe Fur ITschachler E. Skin surface hydration decreases rapidly during long distance flights.Skin Res Technol. 2012 May;18(2):238-40.

2-Gavish I1, Brenner B. Air travel and the risk of thromboembolism.Intern Emerg Med. 2011 Apr;6(2):113-6.

3-Haugli LSkogstad AHellesoy OH. Health, sleep, and mood perceptions reported by airline crews flying short and long hauls. Aviat Space Environ Med. 1994 Jan;65(1):27-34.

O STYLE GUIDE SUGERE:

As mãos costumam ressacar muito nessas viagens. Tenham sempre um creme para as mãos na sua necessaire. Gostamos muito desse creme para as mãos da L’Occitant a base de Karité.

 creme para maos karité

Levem sempre lencinhos umedecidos na bolsa. Eles servem para refrescar o rosto ou higienizar mãos. Gostamos muito dos da Mustela, pois possuem 98% de ingredientes de origem natural. Possuem extrato de Folhas de Aloé Vera de Folhas e Raízes de Saponária. E são 0% álcool, parabenos, ftalatos, fenoxietanol. E ainda tem fórmula de elevada tolerância e hipoalergênica. E pode ser usada por adultos e crianças!

lenço umedecido mustela

As máscaras noturnas são a nova febre do momento. Elas prometem revigorar, tratar e hidratar a pele. Gostamos de usá-las em longas viagens. Sugerimos essas máscaras de Tratamento Facial Noturna da Sephora e existem algumas versões da máscara de acordo com o que você procura. Vale testar!

ma_scara-facial-tratamento-noturno-sleeping-mask_500px

Outra coisa que nao pode faltar na sua necessaire são os protetores e regeneradores labiais. Eis alguns abaixo que sugerimos:

protetor labial nivea protetor labial spectraban. regeneradorlabialbepantolavene 2

 

Share This:

Cristiana Silveira

Autor: Cristiana Silveira

Dra. Cristiana Silveira, Médica Dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD). É Mestre em Dermatologia pela Universidade de São Paulo (USP) e professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA). CRM 14456/ RQE 5895

6 pensamentos em “O que não pode faltar na nossa necessaire em viagens longas de avião”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *