Queda de cabelos, o que fazer?!

queda-de-cabelo-em-mulheres
Beleza e Saúde
Setembro 28.2016

 

queda-de-cabelo-em-mulheres
Fonte foto capa: http://quedadecabelo.club/queda-de-cabelo-feminino/

Quando o assunto é queda de cabelos sempre surgem várias dúvidas. A primeira delas é, como posso diferenciar uma queda normal de uma queda fora dos padrões? Apesar de uma queda de até 100 fios por dia ser considerada  normal, na prática qualquer mudança no padrão da queda de cabelos notada pelo paciente, ou por um familiar deve ser valorizada e investigada pelo médico dermatologista.

Quando comentamos com alguém que o nosso cabelo está caindo não faltam conselhos bem-intencionados. Indicações sobre a última novidade para o fortalecimento capilar com o uso de vitaminas, tônicos ou shampoos. Na verdade, não existe uma fórmula milagrosa e nem um tratamento único capaz de resolver todos os problemas relacionados a queda de cabelos. Devemos sim antes de definir o tratamento buscar identificar a causa para esta queda. Uma simples queda de cabelos pode ter como causa situações sem maior gravidade ou importância, ou ser o primeiro sinal de problemas de saúde sérios, como distúrbios hormonais, anemias, deficiências nutricionais, doenças autoimunes, dentre outras. O uso de medicações, o período pós-parto e pós cirúrgico, o uso frequente de produtos para alisar os fios, penteados apertados e uso de chapinhas e secadores também são exemplos de fatores que influenciam na saúde dos nossos fios podendo enfraquecê-los, gerando quebra e queda dos fios.

Apenas após uma investigação profunda da situação de saúde do paciente além da identificação de fatores genéticos e ambientais que colaboram com a queda, podemos chegar ao diagnóstico final e indicar o melhor tratamento para cada caso. Para a maioria dos indivíduos, a associação de medicações tópicas ou orais para serem usadas em casa, e tratamentos realizados no consultório dermatológico apresentam os melhores resultados clínicos.

ffimage001Em relação a investigação diagnóstica, sempre que possível deve-se utilizar o exame de tricoscopia. Neste exame utilizamos um sistema óptico de aumento que pode ampliar em até 70 vezes a visualização dos fios e do couro cabeludo. Através deste exame podemos identificar detalhes que não são vistos a olho nu. Existem também softwares especialmente desenvolvidos para esta investigação e que auxiliam o médico. Esses softwares conseguem por exemplo fazer a contagem do número de fios, determinar a porcentagem de fios que se encontram na fase de crescimento, e acompanhar o resultado do tratamento.

Em alguns casos pode até mesmo ser necessário a realização de uma biópsia do couro cabeludo (um pequeno fragmento da pele e retirado cirurgicamente e o material é enviado para a analise em laboratório).

Felizmente a maioria dos casos de queda de cabelos pode ser resolvida ou controlada com os tratamentos atuais, porém, em casos mais avançados a cirurgia de implante de fios pode ser necessária.

Como em praticamente todas as situações relacionadas com a saúde, o ditado popular que diz que prevenir é melhor do que remediar se aplica também aos casos de queda de cabelos. O ideal é sempre iniciar o tratamento assim que o problema seja identificado.

Dra. Cristana Silveira médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Academia Americana  de Dermatologia CRM 14456/ RQE 5895.

Dra. Cristiana Silveira atende na Clinica da Graça e lá voce pode agendar sua Tricoscopia! Tel para marcação: 71-3336-2850

Clinica da Graça – Rua da Graça 374 – Salvador/BA

Share This:

Gaby Negromonte

Autor: Gaby Negromonte

Mãe, Estilista, Stylist, Consultora Criativa, Consultora de Moda, Consultora de Imagem, Técnica em Ciência Têxtil, Empresária, Turismóloga, Globe Trotter, Poliglota e Curiosa…

4 pensamentos em “Queda de cabelos, o que fazer?!”

  1. I have been browsing online more than three hours today, yet I never found any interesting article like yours. It’s pretty worth enough for me. In my view, if all web owners and bloggers made good content as you did, the net will be much more useful than ever before.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *