A História do Trench Coat

MODA
Junho 08.2017

IMG_0015

O Trench Coat, é o casaco mais usado na primavera e no outono, pois protege contra vento e chuva com estilo. É também um dos casacos mais copiados da história da moda, porque combina com tudo.

Ele foi iconizado por Hollywood através de Sherlock Homes, do inspetor Clouseau (do filme “A Pantera Cor-de-Rosa”), de Humphrey Bogart (do filme “Casablanca”) e do detetive Dick Tracy.

Trench-coat significa “casaco de trincheira”. Nada mais óbvio se levarmos em conta a origem militar da peça. Embora todos tenham certeza do berço do trench, existe uma grande controvérsia em relação à qual marca criou a roupa.

IMG_0345

A disputa fica entre a Aquascutum e a Burberry, duas grifes tradicionalíssimas nas fronteiras da Rainha. Mesmo assim, sempre que falamos da peça, a maioria do público pensa na Burberry, talvez pelo fato de a marca estar a mais tempo na ativa e mais bem colocada no mercado (apesar de todas as crises) do que a Aquascutum.

Mas, em nome do bom jornalismo, seguem as duas versões da história. Segundo a Burberry, o trench-coat foi um modelo adaptado pela marca em 1914 para atender todas as necessidades e acomodar o equipamento dos soldados britânicos. Inicialmente, eles eram confeccionados em gabardine impermeabilizado, uma técnica criada e patenteada por Thomas Burberry em 1888. A modelagem era ampla, com uma fenda traseira, ombreiras, uma pala larga nas costas, tiras com fivelas nos punhos, uma aba abotoada num ombro e bolsos fechados com tampas para melhor acomodar os pertences dos soldados.

No entanto, de acordo com a Aquascutum, a marca havia patenteado uma lã impermeável em 1851, usada para confeccionar os trench-coats dos oficiais britânicos. Ainda segundo a grife, o uso da peça por civis, ou seja, por não-militares, “gente comum”, começou em 1918, através de personalidades como o primeiro ministro Winston Churchill.

Mas, independente de quem criou a peça, a verdade é que depois que as guerras terminaram a capa impermeável virou febre de consumo tanto para os homens como para as mulheres, que adoravam usá-las com sapatos de salto alto. Desde então o trench-coat possui uma imagem indissociável da elegância, do mistério e da sensualidade.

Como a peça normalmente reveste o corpo por completo, deixando somente parte das pernas de fora, ela suscita indagações sobre “o que está por debaixo” daquilo tudo. Sem contar que o trench-coat evoca austeridade, disciplina, tudo porque é uma peça oriunda dos campos de batalha.

Os primeiros modelos de trench-coat que ficaram populares eram quase sempre de gabardine na cor bege, com comprimento 7/8 (sete-oitavos). Com a massificação da peça, novos modelos, nos mais variados tecidos, comprimentos e cores, surgiram. Nos anos 2000, principalmente depois de 2004, o trench-coat teve mais um período de sucesso, virando o casaco nº1 no closet dos mais finos.

Ainda nos tempos atuais o Trench Coat apesar de ser uma peça Vintage continua mais atual do que nunca, timeless. Todo ano surgem novas versões apaixonantes do casaco mais queridinho do mundo! A gente adora e vocês?!

Confira nossas dicas de como usar o Trench Coat aqui

Fotos Reprodução/ Divulgação: Pinterest

 

Fonte: https://www.google.com.br/amp/s/modaemquestao.wordpress.com/2008/06/19/a-historia-do-trench/amp/

Share This:

Trend Alert: RED POWER!!!

MODA
Março 28.2017

 

Ao que tudo indica, o vermelho será a cor predominante nas araras do próximo outono/inverno!

Isso mesmo! O vermelho foi visto em quase todos os desfiles do eixo Paris-Milão.

O vermelho está mais vivo, uma cor entre o vermelho Ferrari e o vermelho Cereja! A gente amou essa dose apimentada de red para o fall/winter!

Vermelho é um classicão amado, o que muda é a proposta de usá-lo. Abaixo selecionamos nossas propostas favoritas de looks em red das últimas semanas de moda!

Chuva de red passion para vocês a seguir…

Get inspired!!!

(Fotos: Reprodução/ Divulgação: Vogue.com)

IMG_4030 IMG_4031 IMG_4032 IMG_4033 IMG_4034 IMG_4035 IMG_4036 IMG_4037 IMG_4038 IMG_4039 IMG_4040 IMG_4041 IMG_4042 IMG_4043

Share This:

Escolas de moda – Um guia das melhores escolas de moda no mundo!

MODA
Maio 04.2017

 

capa 1Foto: Reprodução/ Divulgação: Pinterest

 

Fazer Moda está na moda! Mas a vida de um estilista está longe de ser feita apenas de glamour. Para ser um estilista é preciso trabalhar duro!

São muitas horas sentado numa máquina de costura e a frente de uma mesa de modelagem. Isso mesmo, não pense que basta saber desenhar para ser um estilista, é preciso saber elaborar uma roupa para realizar sua ideia! E é preciso competência para elaborar uma roupa!

 

capa 2Foto: Reprodução/ Divulgação: Pinterest

 

Um estilista completo precisa ter conhecimento de tudo relacionado a moda, da história, a tecidos. Além claro de estar sempre buscando inspiração para suas criações!

E se essa é a carreira que você deseja seguir vamos te dar as dicas de onde obter a melhor educação do ramo!

Criamos uma lista com as melhores universidades ao redor do mundo e o que elas têm de melhor.  São nomes que se tornaram símbolos de excelência e bom ensino, recebendo alunos vindos dos mais diversos países. Se você acredita que a moda é uma poderosa forma de comunicação e deseja fazer parte desse universo criando e construindo novos padrões, com novos materiais e tecnologias, o seu lugar, nos próximos anos, é realmente uma faculdade de Moda e essa matéria é para você!

Então, descubra a seguir as melhores escolas, que ficam em endereços simplesmente incríveis, e que irão lhe render experiências fantásticas, tanto na vida quanto no currículo!

1 - POLIMODAFoto: Polimoda Campus

  1. INTERNATIONAL INSTITUTE OF FASHION DESIGN & MARKETING – POLIMODA (FLORENÇA, ITÁLIA)

A Itália é um dos destinos mais procurados quando assunto é estudar Moda. Além de proporcionar excelentes opções educacionais, principalmente na área de arte, moda e arquitetura, é também uma ótima experiência internacional com uma autêntica imersão, afinal de contas a Itália é um dos berços da Arte, Moda e Arquitetura. Muito charmosa, a Polimoda é cheia de arte Neo-renascentista e conta com uma vasta opção de cursos, tanto em italiano como em inglês. A Polimoda tem um programa super interessante com o “FIT- Fashion Institute of Technology” de New York, onde você pode optar por estudar 2 anos em Florença e 2 anos em New York. Outro programa legal é que ao finalizar seu primeiro ano de Design de Moda na Polimoda você pode optar por estudar Malharia. A Polimoda possui uma sede em Prato direcionada ao estudo de Malharia e Ciência Têxtil. Apenas 3 escolas na Eueopa oferecem esse curso!

O destaque vai para esse sistema globalizado, o que permite aos estudantes explorar os tópicos-chave do setor da moda, conhecendo o “know-how” italiano e do sucesso do Made in Italy orgânico.

A escola é conhecida pela prática e por formar alunos que saem realmente preparados para o mercado de trabalho. A Polimoda é regida por um grupo poderoso da Moda que inclui, Ferragamo, Versace, Cavalli, Alberta Ferreti, dentre outros. Esse grupo ajuda na formação e estão sempre empregando os melhores alunos. Alias a Polimoda é conhecida por empregar a maioria de seus grandes alunos em grandes casas da moda. Mas para entrar na Polimoda você precisa passar por um teste de desenho e aptidão! Prepare-se!

Alunos notáveis: Massimiliano Giornetti, Edgardo Osorio, Lara de Baenst, Yekaterina Ivankova e Gaby Negromonte (Olha que chique me formei com honras!).

Mais informações: www.polimoda.com

2 - MARANGONIFoto: Reprodução/ Divulgação: Istituto Maragoni

  1. ISTITUTO MARANGONI (MILÃO, ITÁLIA)

Uma das escolas mais conhecidas da Itália, a boa notícia é que não há um teste para entrar. Se você não tem muita experiência a ambientação será muito tranquila, já que a maioria dos alunos estará na mesma situação. A Escola já foi uma das melhores do mundo, e apesar da tradição, já nao está entre as melhores, mas tem um bom curso!

Alunos notáveis: Domenico Dolce, Alessandra Facchinetti (Tod’s), Julie de Libran (Sonia Rykiel) e Rodolfo Paglialunga (Jil Sander).

Mais informações: http://www.istitutomarangoni.com

3 - ROYAL ACADEMY OF FINE ARTSFoto: Reprodução/ Divulgação: Royal Academy of Fine Arts

  1. ROYAL ACADEMY OF FINE ARTS (ANTUÉRPIA, BÉLGICA)

Falando ainda das escolas europeias, essa é uma instituição que vem se destacando bastante quando a escolha é o cursar Moda, principalmente após a fama dos integrantes do “The Antwerp Six”, grupo que desembarcou em Londres, com o apoio do governo belga, a fim de mostrar suas criações em uma semana de moda, nos áureos anos 80. Os seis eram formados pela Antwerp Royal Academy of Fine Arts, que existe há 350 anos. Um ponto interessante é que o business e o marketing não são abordados, a ênfase está na área criativa da moda. Conhecida por ser uma faculdade muito rígida, que gradua apenas os mais dedicados, ela possui trabalhos árduos e seus alunos não devem ter medo de desafios e críticas (o que leva muitos a desistirem do curso). Diferentemente de outros endereços, é preciso falar holandês para estudar lá.

Alunos notáveis: Ann Demeulemeester, Dries Van Noten, Dirk Bikkembergs, Walter Van Beirendonck, Dirk Van Saene, Marina Yee (The Antwerp Six), Martin Margiela, Veronique Branquinho, Haider Ackermann, Peter Pilotto e Bruno Pieters.Curso: Fashion Design.

Mais informações: http://www.antwerpacademy.be/

4 - ROYAL COLLEGE OF ART

Foto: Reprodução/ Divulgação: Royal College of Arts

  1. ROYAL COLLEGE OF ART (LONDRES, INGLATERRA)

Reconhecida mundialmente, a Royal College of Art é muito requisitada, principalmente, por seus graduados ocuparem cargos em marcas importantes como Prada, Burberry, Stella McCartney, Marni, Céline, Givenchy, Louis Vuitton, Balenciaga e Alexander McQueen. Tendo apenas cursos de graduação é dividida em dois campos: um em Kensington e o outro em Battersea.

Alunos notáveis: Philip Treacy, Erdem Moralioglu, Christopher Bailey, Ossie Clark e Zandra Rhodes.

Mais informações: http://www.rca.ac.uk/

5 - CENTRAL SAINT MARTINSFoto: Reprodução/ Divulgação: Central Saint Martins

  1. CENTRAL SAINT MARTINS (LONDRES, INGLATERRA)

Essa é uma das escolas mais famosas do mundo e é conhecida por incentivar a criação de trabalhos originais e inovadores. Vale enfatizar que o foco é mesmo na criatividade e menos no aspecto comercial do negócio de moda. Recentemente abriu um novo campus na região de King’s Cross, com um prédio muito bonito. É uma escola dificilíssima de entrar! Você precisa apresentar um portfólio de arte de profissional! E o tem um preço bem salgado!

Alunos notáveis: Stella McCartney, John Galliano, Alexander McQueen, Phoebe Philo, Christopher Kane, Hussein Chalayan, Zac Posen, Hamish Bowles, Paul Smith, Giles Deacon, Luella Bartley e Riccardo Tisci.

Mais informações: http://www.arts.ac.uk/csm/

6 - UNIVERSITY OF WESTMINSTERFoto: Reprodução/ Divulgação:  University of Westminster

  1. UNIVERSITY OF WESTMINSTER (LONDRES, INGLATERRA)

É uma das escolas menos conhecidas, mas que não pode ser ignorada.  Bastante aclamada na Inglaterra, é uma faculdade que não oferece apenas moda, mas também outras disciplinas. Um dos cursos oferecidos pela UOW é um bom programa de Jornalismo. Atenção, amantes do jornalismo de moda!

Alunos notáveis: Vivienne Westwood, Christopher Bailey, Stuart Vevers e Katie Hillier.

Mais informações: https://www.westminster.ac.uk/ 

 

7 - ESMOD Foto: Reprodução/ Divulgação: ESMOD

  1. ESMOD (PARIS, FRANÇA)

É uma das mais antigas escolas de moda do mundo (desde 1841), reza a lenda que tanto o manequim quanto a fita métrica foram inventados lá.  Atenta ao fenômeno global de interação, a Esmod oferece aulas em francês e inglês e também tem um programa de cursos em 22 escolas de 15 países diferentes para aqueles que querem estudar na instituição, mas não podem ou não desejam residir em Paris. Com um alto índice de colocação profissional, a escola tem uma taxa de mais de 90% de alunos que são empregados logo após se formarem. De acordo com alguns deles o ensino é bastante rigoroso, o que significa trabalho duro até tarde da noite.

Alunos notáveis: Christophe Decarnin, Suzy Menkes, Alexandre Vauthier, Damir Doma, Olivier Rousteing, Thierry Mugler, Juun J e Catherine Malandrino.

Mais informações: http://www.esmod.com/

 

ECOLEDECHAMBRE
FOTO: ECOLE DE LA CHAMBRE SYNDICALE DE LA COUTURE PARISIENNE

 

 

 

  1. ECOLE DE LA CHAMBRE SYNDICALE DE LA COUTURE PARISIENNE (PARIS, FRANÇA)

Se há um sinônimo de Alta Costura é a La Chambre. Essa é a escola associada ao grupo que determina quais marcas de moda que podem se qualificar como tal. Só pela lista de alunos, já dá para ter uma ideia do seu nível de prestígio… Um ponto a ser observado é que a La Chambre não aceita alunos que não tenham passado por outros cursos de moda antes.

Alunos notáveis: André Courreges, Issey Miyake, Valentino, Yves Saint Laurent, Valentino Garavani, Karl Lagerfeld.

Mais informações: http://www.ecole-couture-parisienne.com/en/

 

parsonssign13thstreet

Foto: Reprodução/ Divulgação: PARSONS

  1. PARSONS THE NEW SCHOOL OF FASHION (NOVA YORK, EUA)

Universidade de moda eleita pelo conceituado Business of Fashion como a melhor dos Estados Unidos em 2015. Com um dos programas de ensino mais tradicionais do mundo fashion – o primeiro formato do atual bacharelado. A Parsons foi fundada em 1919 e é considerada a segunda melhor faculdade de moda do mundo, só perde para a Central Saint Martins, em Londres. A escola tem um processo chato de admissão.

Uma coisa legal é que todo mundo que aplica está automaticamente concorrendo a bolsa escolar por mérito. Minha irmã Dani, quando se formou em Publicidade, fez o Admission para um mestrado em Fashion Marketing, e seu Creative Assigment lhe rendeu uma bolsa na Parsons. Lembro que o curso é bem caro, vale tentar a bolsa ou preparar as economias!

Vale dizer que a Parsons tem um campus novo em Paris! Para quem pretende estudar na Europa, pode ser uma boa!

Alunos notáveis: Donna Karan, Marc Jacobs, Tom Ford e Narciso Rodriguez, Alexander Wang, Anna Sui, Jason Wu, Jenna Lyons (da J.Crew), Prabal Gurung, duo da Proenza Schouler, Lazaro Hernandez e Jack McCollough, Jason Wu, Behnaz Sarafpour, Doo Ri e Vena Cava.

Mais informações: http://www.newschool.edu/parsons/

9 - FASHION INSTITUTE OF TECHNOLOGYFoto: Reprodução/ Divulgação: FIT

  1. FASHION INSTITUTE OF TECHNOLOGY – FIT (NOVA YORK, EUA)

Muito aclamada, A FIT proporciona aos alunos uma grande rede de networking e palestras com grandes nomes da indústria. Para se ter uma ideia, após a graduação, a porcentagem de alunos que conseguem emprego é de 80%. A programação do FIT Museum também é muito boa e tem como curadora Valerie Steele, uma das mais influentes estudiosas de moda do mundo. Boa escolha para quem quer focar em business ou para quem busca habilidades mais técnicas e específicas com pitadas de arte.

Alunos notáveis: Calvin Klein, Michael Kors, Francisco Costa, Camila Coutinho.

Mais informações: http://www.fitnyc.edu/

10 - LIM COLLEGEFoto: Reprodução/ Divulgação: LIM COLLEGE

  1. LIM COLLEGE (NOVA YORK, EUA)

Tendo como lema a máxima “onde o business encontra a moda”, é uma escola pequena, porém focada e bem relacionada, com viagens de pesquisa com os alunos para Londres, Berlim e Hong Kong. Quem estuda lá garante que muitas portas são abertas profissionalmente e que o nível tanto do ensino quanto dos professores são considerados excelentes! Oferecer acesso a estágios e trabalhos é também um grande diferencial dessa instituição. Se você que focar na área administrativa ou de marketing essa escola é para você!

Alunos notáveis: Neva Hall, Daniella Vitale, Doug Jakubowski, Kathy Nedorostek, Dianne Vavra.

Mais informações: https://www.limcollege.edu/

 

11 - BUNKA FASHION COLLEGEFoto: Reprodução/ Divulgação: BUNKA

  1. BUNKA FASHION COLLEGE (TÓQUIO, JAPÃO)

A Bunka Fashion College é sinônimo do design de vanguarda japonês, desde os anos 60, época em que seus formandos começaram a conquistar Paris. Além disso, a BFC conta com um amplo programa de marketing e tecnologia. Então, se o seu desejo é inovar e buscar o que há de mais moderno nesse mercado, o Japão é o endereço certo!

Alunos notáveis: Kenzo Takada, Junya Watanabe, Yohji Yamamoto, Hiroko Koshino, Tsumori Chisato e Nigo.

Mais informações: http://www.bunka-fc.ac.jp/en/

12 - SHENKAR COLLEGE OF ENGINEERING AND DESIGN

Foto: Reprodução/ Divulgação: Shenkar College

  1. SHENKAR COLLEGE OF ENGINEERING AND DESIGN (RAMAT GAN, ISRAEL)

Por ser uma área de conflitos territoriais, definitivamente, este não é um destino dos mais comuns, mas há de se tornar uma grata surpresa, pois esta é uma escola que tem um programa de design incrível e também é muito acessível.

Alunos notáveis: Alber Elbaz e Nili Lotan.

Mais informações: www.shenkar.ac.il

 

13 - ISTITUTO EUROPEO DI DESIGNFoto: Reprodução/ Divulgação: IED

  1. ISTITUTO EUROPEO DI DESIGN – IED (SÃO PAULO, BRASIL)

Se a intenção não é sair do Brasil, temos algumas boas opções por aqui! O destaque vai para o IED que teve sua primeira unidade fora da Europa inaugurada por aqui, em 2005, justamente para atender ao desejo dos brasileiros que apreciam bastante a criatividade italiana nos campos da moda e do design. E o fato é que o IED, realmente, vem contribuindo muito para posicionar São Paulo como capital da moda latino-americana.

No campo do design, a escola colabora para a emancipação do produto brasileiro no mercado externo, com um curso que estimula os alunos a vivenciarem todas as etapas do processo de desenvolvimento de coleções, onde cada projeto é pensado desde as demandas de mercado e tendências até a confecção.

O foco promete ser abrangente, com pesquisas de materiais, desenho, maquete têxtil, técnicas de moulage, modelagem, costura e acabamentos, finalizando com a comunicação da coleção. No IED, a Moda não se restringe à criação do produto, sendo praticada de ponta a ponta, até o marketing e a gestão de marcas e negócios. Então, se você não deseja sair do país e prefere um curso que englobe todos os processos da Moda, o IED se mostra uma boa escolha.

Eu fiz Mestrado no IED de Madrid em Fashion Business, gostei bastante do curso que deve seguir o padrão de qualidade em todas as sedes.

Alunos notáveis: Leandro Benites, Paula Abrach, Jessica Tarabini, Jesica Chung e Bertha Jucá.

Mais informações: www.iedbrasil.com.br

E aí, agora que fizemos esse guia com as melhores Escolas de Moda, nos mais diversos continentes, já transferiu essa  da listinha “sonhos” para a listinha “realidade”? 2017 está esperando por você cheinho de novas conquistas! O Style Guide te deseja muito sucesso!

Texto e pesquisa: Gaby Negromonte e Neila Bahia

Share This:

Metalize Yourself

MODA
Novembro 18.2016

 

metalmix
Foto reprodução Instagram; vogue.com; GabriellaNegromonte

Metalize yourself!! Isso mesmo!! Vamos metalizar nossos looks!

Taí uma tendência inovadora! Usar looks metalizados de dia e de noite!

martha
Foto reprodução Instagram

Sim senhora! Não tem mais isso de usar brilho apenas a noite. Tá valendo  adicionar peças com mais brilho ao seu dia!

E por que não brilhar de dia?!

thumb_img_2345_1024
Gabriella Negromonte – Foto: Acervo Style Guide

 

O metalizado de dia fica lindo se mesclado com peças casuais! Vale usar tênis ou sapatilhas para deixar o look mais despojado! Aposte nas saias midi metalizadas plissadas! Elas são o must-have da estação!

trench
Fonte Foto: Vogue.com

E nos dias de frio porque não apostar em trenchcoats e jaquetas metalizadas para dar mais vida ao look de dia ou de noite! O couro metalizado é uma super proposta do verão com brilho que amamos! Invista em shorts, saias e jaquetas de couro metalizado!

philosophydelorenzo14
Fonte Foto: Vogue.com

Outra opção super legal de peças metalizadas para os dias mais friozinhos são as malhas de tricot metalizadas!

malhametalizada
Fonte reprodução instagram

O brilho não está apenas na roupa, mas também nos pés. Os sapatos metalizados estão super em alta. Apostem nos tomboys ou oxords metalizados. Aliás fizemos um post super especial sobre os Oxords mais lindos do mercado! Check it out no link: http://gnegromonte.com/oxord-mania/

img_0327
Foto reprodução Instagram

E qual a proposta de brilho para a noite??

A gente sugere os looks com lamê ou malha de metal!

Falando de malha de metal…Ah como amamos os vestidos de malha de metal! Eles são must-have há séculos. Sempre usados por Divas Hollywoodianas e Top Models de corpos esculturais!

Atenção, é preciso ter o corpo perfeito para usá-los! #ficaadica

katenaomi
Foto reprodução Instagram

E de tempo em tempo eles reaparecem! E lá vem os vestidos de lamé de novo!

A modelo Kendall Jenner arrasou com um deles no seu niver de 21 anos!

kendall2
Foto reprodução Instagram

 

E sua irmãs Kim e Kourt Kardashian também brilharam com os modelos Balmain na Semana de Moda de Paris! Ulálá!!!

kimkourt
Foto reprodução Instagram

Quer dar um pitada mais sporty ao look? Que tal mesclar o lamé com peças casuais?! Olha esse look de saia de lamé com um tricot! Perfeito para um Happy Hour nos dias mais frios!

Não se esqueça de colocar um top super sexy por debaixo do tricot se quiser estender a noite para a balada! #ficaadica

versusversace11
Fonte Foto: Vogue.com

E para as mais ousadas como JLo, um look cheio de cut-outs!!

jlo
Foto reprodução Instagram

E tem os looks mais formais como o usado por Giovanna Battaglia em um evento da White House! O vestido todo em cetim duchese metalizado criado por Giorgio Armani, foi puro glamour! Ela estava digna de uma Diva!

batgio
Foto reprodução Instagram

 

Bom é isso girls! Brilhar nunca é demais!

Mas cuidado para não abusarem do brilho! Usem conscientemente!

Busquem endossar tendências ao seu estilo, sempre!!

Beijin

Share This:

Os Gifts da Sex by Vivienne Westwood para o Natal!

MODA
Novembro 16.2016

 

destaque
Imagens Instagram/Reprodução

Inspirada pelo Rock original dos anos 50, Vivienne Westwood fundou sua primeira loja, a “Let it Rock”, na década de 70. Tendo como público-alvo inicial os marginalizados das periferias de Londres, a label, que hoje carrega a o nome da estilista, mudou sua nomenclatura várias vezes, sendo “Sex” o mais marcante de todos eles. Nessa mesma época, seu marido era produtor da banda Sex Pistols, uma das primeiras grandes bandas punks existentes. E como  Vivienne vestia essa e outras bandas, ficou conhecida como “estilista-punk”, título que é atribuído a ela até hoje.

Assim, a dama rocker favorita da moda lançou a linha de difusão “Sex” que traz também o brasão da marca, apresentando todo o espírito rebelde das primeiras coleções da designer, oferecendo, assim, a oportunidade de adicionar o estilo irreverente de Westwood ao seu dia a dia. Entre as peças-desejo estão, além da clutch preta com detalhes dourados, chaveiros, cinto e um bracelete MA-RA-VI-LHO-SO! Como a e-shop fez questão de ressaltar, é mesmo um ótimo e elegante gift para o Natal!

Share This:

#DropsStyleGuide: o poder da calça em alfaitaria laranja!

MODA
Novembro 23.2016
destaque
Foto: Gabriella Negromonte
 
Chic, versátil e linda! Assim é a calça pantalona que mesmo possuindo ares sofisticados, super combina com looks casuais e mais despojados. Para garantir um resultado coolest, é só seguir o exemplo da nossa curadora, Gaby Negromonte, que misturou à peça de sua marca Lela Canela a um camisão com pegada tomboy e abotoamento desconstruído. Bolsa mais neutra e o sexy lingerie interno arrematam o look com maestria! Para não ter erro, separamos alguns outfits inspiradores. 
 
Check it out!
montagem
Fotos: Pinterest; Gabriella Negromonte; Lela Canela
 
Créditos do look da Gaby!
Calça: Lela Canela
Camisa: Richards
Brincos: Soupirstore
 

Para comprar a calça de crepe de Gaby e conhecer outras peças da Lela Canela, clique aqui!

Share This:

Milão Fashion Week Report

MODA
OUTUBRO 31.2016

 

capa
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

As tendências apresentadas no Milão Fashion week, não foram muito diferente das desfiladas nas semanas de moda de NYC e Londres Primavera/Verão 2017. A gente já mostrou aqui nossas apostas dessas semanas de moda e se você não viu é só clicar emcima da semana que você quer ver o report: New York Fashion Week ou London Fashion Week

As macro tendências da Milão Fashion week foram: muita transparência, estampas florais, candy colors, verde musgo, peças metalizadas, sapatos com meias, couro, xadrez vichy e o highlight das coleções: o sportwear!

Apesar de ser a semana de moda feminina prêt-à-porter, em muitas coleções foram apresentaram tendências femininas e masculinas. Como já mencionado antiormente esse será o possível futuro das passarelas.

Nesse post selecionamos apenas os looks femininos que foram os nossos favoritos e nossas apostas de tendência para o próximo verão. Em breve postaremos um resumo de tendências masculinas! Fiquem ligados!

Destaques do Milão Fashion week:

 

pucci
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

A Pucci trouxe o futurismo sútil em candy colors e claro que não podiam faltar suas estampas gráficas, marca registrada da Pucci, mas essa estação Massimo Giorgetti as propõem overzised.

blumarine
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

A Blumarine apresentou uma coleção bucólica em tons terrosos e estampas florais românticas. Destaque para a o xadrez Vichy que vimos bastante na NYFW e LFW.

albertaferreti
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

Alberta Ferreti fez um desfile forte com o preto predominado na passarela. Adoramos os sutiãs de renda a mostra, as transparências e os cintos duplos! Aliás girls a lingerie deixa de ser uma peça escondida e vira o foco dos looks essa estação!

diesel
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

A Diesel Black Gold, trouxe uma moda muito jovem e moderna com uma pitada romântica. Adoramos as gladiadoras altas e mini saias armadas!

 

dg
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

Ninguém representa melhor a cultura italiana do que a Dolce & Gabanna. Seus desfiles são um espetáculo a parte e eles fizeram do runaway uma festa! Mídia pop-stars causaram furor na porta e na primeira fileira do desfile e essa mesma garotada estampará a nova campanha da marca, fotografada em Capri semanas após o desfile. Amamos as jaquetas militares reinventadas e cheias de adereços. Os vestidos de renda com hot pants, são sempre maravilhosos. Aliás eles foram a primeira marca a pontuar essa tendência. Destaque para a mistura de estampas! O jeans e as camisas vem customizadas com muitos bordados, dizeres e patches.

Para comemorar o sucesso da coleção, a Dolce & Gabbana armou um jantar espetaculoso para 400 convidados na Montenapoleone. Olha que luxo!

dgdinner
Jantar da Dolce & Gabbana na Montenapoleone/ Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

No aniversário de 50 anos da Bottega Veneta, Tomas Maier levou a passarela Gigi Hadid e Lauren Hutton, duas grandes modelos de suas épocas. Hutton carregava no filme American Gigolo uma clutch Intrecciato da Bottega Veneta que nos anos 80 que virou o símbolo da marca. A coleção trouxe cores mais sóbrias misturadas a tons pastéis e terrosos. A coleção masculina apostou num clássico confortável, que lembra muito a moda dos anos 50. Calças baggys e jaquetas de couro foram os highlights da coleção(Em breve teremos post especial sobre tendências masculinas!). A feminina trouxe um clássico usável!

bottegaveneta
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

fendi
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

A Fendi levou para as passarelas bonecas modernas! Apostou forte nas listras e as cores predominantes foram as candy colors. O destaque fica para as bolsas e botinhas que lembram tênis do colegial repaginado. As bolsas foram as mais lindas da estação e a Fendi aposta na mudança de alças para personalizá-las! A gente amou e já queremos uma de cada!

 

fendibag
FENDI BAG / Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

Giorgio Armani não faz uma de suas melhores apresentações. O desfile sempre clássico, usou estampas um tanto boring! Amamos as sandálias tipo botinha de tiras.

Sobre os looks masculinos… Armani reforça a tendência de usar ternos masculinos com sapatos sem meias. Tendência que já tínhamos visto pelas ruas da Europa verão passado e segue como forte trend. Em breve mais sobre men trend

armani
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

Alessandro Michele foi uma excelente aquisição para Gucci. Ele trouxe cor, frescor, alegria e euforia a marca! Taí um desfile que esperamos ansiosamente acontecer, porque seus desfiles são um espetáculo de criatividade! Suas coleções tem um je ne sais quais vintage e ao mesmo tempo tão moderno! Amamos o terninho denin com aplicações e as cores do desfile! Todas as peças são desejo absoluto!

 

gucci
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

Particularmente esperava mais do desfile da La Perla na estreia de Julia Haart, especialmente porque estamos numa febre de pijamas, robes e lingeries pelas ruas. Ela não aproveitou essa deixa e fez uma coleção bem sem graça e nada de pijamas para bombar no streetwear! Senti muita falta do estilo de Pedro Lourenço e não consigo ver Julia muito tempo na casa. Vamos esperar e ver cenas dos próximos capítulos!

laperla
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

O desfile de despedida da fundadora da Marni, Consuelo Castiglione, foi arquitetônico e artístico. Muita moulage e desconstrução. Pouca estampa característica da Marni.

Mas eu adorava essa coisa de Castiglione ignorar tendências e sempre apresentar uma coleção inovadora. Que falta ela vai fazer no mundo da moda!

Sua saída segundo Consuelo, é para viver um pouco sua vida! Acreditem, os Diretores Criativos quase não tem vida! Vivem por seu trabalho. E quem assume a Marni é Francesco Risso, que tem formação na minha escola amada, a Polimoda. Aliás a Polimoda tem mostrado ser um berço de sucesso! Ansiosa para a primeira apresentação de Risso.

 

marni
onte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

maxmara
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

Foram muitas decepções fashion nesse último Milão Fashion Week. Lá vão mais duas: a Max Mara e Missoni.

Max Mara fugiu da sua veia classicista e parecia ter criado uma coleção para uma marca de sportwear ou ainda para a sua segunda linha a Sportmax.

Missoni que sempre brinca com as cores e shapes do tricot, fez uma coleção bem mais ou menos. Enfim!

 

missoni
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

A Sportmax, apresentou uma coleção bem melhor que a Max Mara, sua linha mãe. A sensação que tive é que as coleções foram invertidas. Amamos as maxi parcas, as amarrações da calças e vestidos e sua proposta de navy modernoso!

sportmax
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

Graças a Deus existe Jeremy Scott que sempre traz inovação, criatividade e divertimento para as passarelas! E adivinhem a nova artimanha dele para a Moschino?! Bonecas de papel!! Isso mesmo! Seus modelos usavam looks com os shapes simples, mas as estampas davam volume e formas as suas criações! Fantástico!! Esse cara é genial!

moschino

Amamos a coleção da Philosophy di Lorenzo di Serafini! Jovem, fresca, romântica com uma pegada rocky, edgy e bem feminina-boho como as coleções da Philosophy tem que ser! Vontade de ter todas as peças do desfile!

philosophy
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

A Etro fez  fez um dos melhores desfiles da estação! Apresentou um maravilhoso mix de boho contemporâneo com uma pegada étnica! Fantástico!

etro
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

prada
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

Prada é sempre Prada! Miuccia assim como Castiglione não segue tendência, segue sua inspiração, seu coração! E sempre faz desfiles ricos de estampas e detalhes. Adorei o pijaminha tipo kimono com plumas nas barras. E o Madras CalfSkin Clutchs que quase te abraçam são uma das bolsas must-have da estação!

Madras CalfSkin Clutchs PRADA – Foto (divulgação) Instagram

 

Quem tem alma hippie ama tudo o que Dundas cria. Ele tem uma verve setentista inigualável! Essa combinação de Roberto Cavalli com Peter Dundas, tem dado certo por muitos motivos. Um deles é que Dundas traduz a mulher Cavalli como ninguém! Sexy, boho, moderna e de alma vintage!! O mix inusitado de estampas transforma a coleção numa explosão de beleza desejável!

cavalli
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

 

Salvatore Ferragamo apresentou uma coleção bem Sporty. Diferente do estilo da marca, mas com pegada bem atual!

ferragamo
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

O poder da mulher de Versace esta estação está nas formas atléticas com pitadas sexy de sua coleção colorida e bem esportiva.

versace
Fonte Fotos: Vogue.com – Montagem: Gabriella Negromonte

Esses foram os nossos desfiles favoritos, em breve teremos o report do Paris Fashion Week e um resumo de todas as semanas de moda!!

Fiquem ligados no Style Guide!!

Share This:

Tommy Hilfiger X Gigi Hadid

MODA
Setembro 21.2016

 

 

A Tommy Hilfiger fez sua primeira coleção aos moldes “See Now Buy Now”, em parceria com a modelo Gigi Hadid que trouxe um frescor e sensualidade a marca clássica.

O desfile aconteceu no píer 16 e foi aberto ao público. Um parque de diversões foi montado e era possível adquirir as peças desfiladas numa loja montada  no próprio local do desfile.

O Navy e a tradição das cores da bandeira americana, que são um clássico da marca foram apresentados de forma mais jovem e atual.

Eles ousaram nas fendas e decotes e nesse novo formato as estação são mescladas e apresentadas juntas. Golas rolês, tricôs pesados, oversized moletons misturados a bodies e vestidos leves.

Outra forte característica do desfile e super tendência dessa estação foi o Sportwear representado por vestidos e conjuntos em forma de uniformes de futebol americano, basquete e boxe.

Adoramos essa nova fase da Tommy! E o desfile foi um dos mais lindos e cotados da semana de moda de New York.

Confiram os melhores momentos do desfile abaixo!!

Para entender mais sobre o novo formato de sistema da moda “See now buy now” leia nossa matéria explicativa!

Fonte Fotos: http://ffw.com.br

Share This:

Tommy Hilfiger X Gigi Hadid

MODA
Setembro 21.2016

 

A Tommy Hilfiger fez sua primeira coleção aos moldes “See Now Buy Now”, em parceria com a modelo Gigi Hadid que trouxe um frescor e sensualidade a marca clássica.

O Navy e a tradição das cores da bandeira americana, que são um clássico da marca foram apresentados de forma mais jovem e atual.

Eles ousaram nas fendas e decotes e nesse novo formato as estação são mescladas e apresentadas juntas. Golas rolês, tricôs pesados, oversized moletons misturados a bodies e vestidos leves.

Outra forte característica do desfile e super tendência dessa estação foi o Sportwear representado por vestidos e conjuntos em forma de uniformes de futebol americano, basquete e boxe.

Adoramos essa nova fase da Tommy! E o desfile foi um dos mais lindos e cotados da semana de moda de New York.

Confiram os melhores momentos do desfile abaixo!!

Para entender mais sobre o novo formato de sistema da moda “See now buy now” leia nossa materia explicativa!

Fonte Fotos: http://ffw.com.br

Share This:

As musas brasileiras que se destacaram na Semana de Moda de New York

MODA
Setembro 19.2016

 

Martha Graeff e Mariah J. Bernardes Maia

Duas beldades brasileiras chamaram atenção no NYFW, não só pela beleza, mas também pelo estilo original!

Conheçam essas brasileiras e saibam porque as escolhemos entre tantas brasileiras, como nossas Musas Mor da semana de moda de New York.

Martha Graeff, gaúcha de Porto Alegre, criadora do blog Around in Style é modelo, blogueira e uma das sócias fundadoras do e-commerce Houston Graeff. Ela é casada com o multimilionario libanês Rony Seikaly que  também é DJ. Martha não é apenas mais uma blogueira que gosta de moda e sabe combinar peças. Ela tem um estilo original e ímpar e não é a-toa que é sucesso e referência de street style no mundo todo. Globe Trotter, ela tem acesso a inúmeras referências de moda e estilo. Contudo sua moda é ousada, descompromissada e leva essa mistura de estilos que absorve por suas viagens. Além de tudo isso Martha é uma figurinha cativante, quem a conhece se apaixona pelo seu jeito alegre e entusiasmado de levar a vida. Nós somos fãs de carteirinha dessa Deusa!!

Confiram os looks que mais amamos de Martha na semana de moda de New York para se inspirar…

marthagraeff

De tantas musas brasileiras que poderíamos colocar neste post como Helena Bordon, Camila Coelho, Camila Coutinho, Thassia Naves, que já são reverências mundiais de estilo, escolhemos a Mariah, porque nessa estação ela nos surpreendeu.

Mariah J. Bernardes Maia é blogueira(Blog da Mariah), formada em Moda, casada e tem uma filhinha linda. De todas as blogueiras do Brasil, o estilo de Mariah não me chamava muito atenção, mas algo aconteceu…

Nao sei se foi o corte de cabelo, – ela acabou de cortar a franja,- rsrs… o que sei é que ela arrasou na originalidade da escolha de seus looks para a semana de moda de New York.

Ela que antes era mais para clássica que para moderna, apresentou em New York um estilo modernoso, edgy(ousado, afiado) e sassy(atrevido, audaz)! E a gente adorou tudo o que viu! De todas as citadas acima ela definitivamente foi a que mais arrasou no Street Style essa estação.

Esperamos que essa nova fase de Mariah tenha vindo para ficar!

Confira os looks e vejam se concordam com a gente!

mariah

Fotos (Divulgação Instagram): Martha Graeff, Jlogdamariah

Share This: