Marina – uma exótica experiência em termos de loja de decoração

 Life Style
Agosto 28.2017

 

IMG_4574

Em visita a Omã tive curiosidade de saber como eles decoravam suas casas no Oriente Médio e me deparei com ideias arrojadas e interessantes quando visitei uma das melhores lojas de decoração de Omã, a Marina Home – Urban & Exotic.

Confere abaixo algumas ideias inovadoras e exóticas para sua casa.

IMG_4568

Achei super interessante algumas ideias no espaço acima. Uma delas é usar couro cinza! Nunca tinha pensado nisso! Achei que ficou ultra chic. Outro ponto interessante é a mistura do rústico, moderno e exótico. Cadeiras de aço, parede de tijolinhos e a exótica escultura de cachorro.

IMG_4553

Adorei a ideia de um sofá invés de cadeiras para a sala de jantar e adorei mais ainda o composé de cadeiras diferentes para compor a mesa de jantar.

IMG_4554

E que tal usar um pout-pourri de lustres rústicos modernos com a composição de quadros/ fotos artísticas?! Achei bem impactante e vocês?!

IMG_4551

E ainda nesse mesmo ambiente eles propõem peças de decoração ultra inovadoras como a mesa de centro de vidro com pedras por dentro, criado mudo de vidro com madeira dentro e ainda uma peça com gavetinhas coloridas que tem um je ne sais quais de pop art reforçado pelas chaises setecentistas. Amei!

IMG_4565

A mesma ideia de utilizar vidro com materiais interessantes foi aplicado ao bar, só que dessa vez eles usaram rolhas de vinho. Achei ultra bacana! O armário de madeira traz rusticidade ao ambiente e as cadeiras altas de metal dão um toque de modernidade.

IMG_4567

A ideia dessa base de mesa foi reunir pedaços de madeira de reflorestamento e criar uma mesa linda! O vidro por cima da madeira além de proteger a base mostra a beleza da rusticidade da madeira! Fantástico!

IMG_4569

E que tal esses pedaços de madeira entre o vidro da mesa de centro?! Achei bem artístico!

IMG_4564

Eu adoro esses sofás em “L” mega confortáveis que não dão vontade da gente sair nunca. O que me chamou atenção aqui foi a neutralidade das cores da decoração e o impacto que a foto arte causa no ambiente. Ela tem o poder de modificar a neutralidade e transformar o ambiente num lugar com um certo poder e onipresença.

IMG_4556

Mais uma outra ideia de arte de impacto e a mistura perfeita do rústico, moderno e exótico! Adorei esse quarto!

IMG_4573

E esses objetos de decoração?! Achei brilhante os shapes e como usaram a ideia de unir bolinhas e criar objetos exóticos e apaixonantes!

IMG_4570

E que tal ter um Oscar em casa?! Vai dizer que nunca sonhou com uma estatueta dessa?!

IMG_4572

Essa foto geral da loja, mostra um pouco do exotismo e criatividade em espaços. Realmente uma grande e inesquecível experiência em termos de loja de decoração!

Vale a visita! Conheça um pouco mais dessa loja no site deles (clique aqui)

IMG_4552

 

Fotos: Acervo Style Guide

Share This:

The Bank – Conheça um dos melhores restôs de Muscat – Omã

GASTRONOMIA
Maio 27.2017

 

IMG_6748Foto: Acervo Style Guide

 

Um dos lugares mais legais e divertidos para ir em Muscat é definitivamente o The Bank!

 

IMG_6728Bar The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

O restaurante, bar e lounge oferece excelente fusion/contemporânea cuisine num dos ambientes mais agradavéis em Muscat!

 

IMG_6733Bar The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

A decôr é moderna e arrojada e oferece um ambiente super confortavél para seus clientes passarem boas horas confraternizando com amigos.

 

IMG_6730Bar The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

Os drinks são os melhores da cidade e a carta é extensa!

 

IMG_6732Visão geral interna The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

O risoto de funghi foi uma dos melhores que já provei na vida!

 

IMG_6723Risoto ao Funghi  – Foto: Acervo Style Guide

 

As entradas também são out of this world! Destaque para os japaleños recheados e o brie ao forno com géleia!

 

IMG_6718Entrada de brie com geleia  – Foto: Acervo Style Guide

 

E se você quer comer uma boa carne ou burger, The Bank é o lugar para ir!

Para mim a melhor carne da cidade! Os fornecedores são escolhidos a mão e eles tem os melhores cortes!

 

carneCorte de carne no The Bank – Foto: reprodução instagram The Bank

 

The Bank tem uma localização privilegiada, num morro com a vista privilegiada da cidade!

 

IMG_6861A belissíma vista da varanda do The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

O restaurante todo é uma delicia, mas meu lugar favorito para confraternizar com os amigos é a varanda! #ficaadica

 

IMG_6736Um brinde ao The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

Com certeza uma das melhores pedidas para seu almoço ou jantar em Muscat – Omã!

Um brinde a esse lugar incrivél!!!

 

IMG_6848Foto clássica do backdrop do evento de Páscoa no The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

Ah e o The Bank ainda promove eventos super interessantes! Eu estive num deles, a Feira da Pascóa.

 

IMG_6814Eu e meus sobrinhos no evento de Páscoa no The Bank – Foto: Acervo Style Guide 

 

A área do The Bank tem estrutura para grandes eventos e no seu jardim foi montada uma feira cheia cheia de barraquinhas, oferecendo todo tipo de alimentação e brinquedos para o entretenimento das crianças e da família!

 

FullSizeRenderVisão da Feira no evento de Páscoa no The Bank – Foto: Acervo Style Guide

 

O evento de Páscoa no The Bank foi uma verdadeira farra!!

Vale muito a pena conhecer esse lugar em Muscat – Omã. Então se planejar visitar Muscat não esqueça de reservar uma mesa no The Bank!

The Bank (http://thebank.co/) – @thebankoman

Tel: +968 2469 3699
[email protected]

MUMTAZ MAHAL BUILDING, QURUM

Share This:

Omã – Uma jornada inesquecível! – Parte 2

Viagem
Maio 18.2017

 

bandarviewVista do alto de Bandar Al Khayran – Foto: Reprodução/Divulgação: Pinterest

 

Nesse artigo falo de dois dos lugares mais incríveis que já estive em minha vida! Então vale ler tudo e se apaixonar pelas imagens e pelo local, claro!

Eu nunca imaginei que Omã pudesse ter uma costa tão estonteante!

E foi na última festa da Conferência da Condé Nast (em breve tudo sobre a conferência aqui) que alguns amigos de Lubna nos convidaram para um passeio de barco.

No dia seguinte eu e Lubna estávamos retornando a casa, meio mareadas e exaustas e ela não estava muito animada pra aceitar o convite do barco, mas seu amigo Qais Al Said conseguiu convencê-la! Passamos em casa só para trocar de roupa e seguimos pra Marina de Muscat com Qais. Álias, Qais foi uma das pessoas mais legais que conheci na viagem!

Eu tava animada, sempre animada pra ter novas descobertas!

marineUma das marinas de Muscat – Foto: Acervo Style Guide

Na marina encontramos com Sham, proprietário do barco e o organizador desse encontro. Sham é um dos artistas mais renomados do Oriente Médio. Ele é cantor, rapper, produtor musical e songwriter. Apesar de ser super famoso e bem sucedido (suas músicas são número 1 nas arábias e ele tem colaborações importantes com Sean Paul, Adele, etc) ele é um dos caras mais simples e sangue bom que já conheci na vida. Totalmente down to earth e mega animado! Vale muito a pena baixar a música dele gente, realmente é boa demais! Não consigo parar de ouvir! (Sham no Spotfy!)

meshawEu e Sham em Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

Éramos um pequeno entourage e seguíamos a caminho de Bandar Al Khayran. O caminho tinha uma vista de tirar o fôlego, montanhas de pedra e um mar verde calmo encantador.

mar9Vista da saída da Marina de Muscat – Foto: Acervo Style Guide

casaembaixadorCasa do Embaixador da Itália em Omã: Foto: Acervo Style Guide

As mansões na costa eram simplesmente alucinantes! Destaque para a casa do Embaixador da Itália em Omã que tem uma das casas mais incríveis da costa, quase um palácio, vamos combinar?! Ah, o embaixador italiano fala árabe como ninguém! Eu e Lubna ficamos impressionadas quando o conhecemos na Conferência! Ele é apaixonado por Muscat e fez desse lugar sua residência fixa.

mar7Chegando em Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

 

Íamos nos aproximando de Bandar Al Khayran e a entrada de acesso a esse paraíso dava uma sensação que íamos bater numa das montanhas de pedra (frio na barriga!) e de repente entramos numa lagoa cercada de montanhas de pedra, tipo paradiso perduto, sabe como?!

mar5Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

mar11As pequenas praias de Bandar Al Khayran onde os locais costuman acampar – Foto: Acervo Style Guide

Não tem outra palavra que defina esse lugar que não seja paraíso! Lagoa cristalina de águas calmas cercadas pelas montanhas de pedra, bem características de Omã, e com pequenas praias onde os locais costumam acampar.

mar8Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

O mais cool mesmo é o encontro de barcos nesse local. Isso mesmo! Os barcos e yatchs vão chegando e se aglomerando e de repente vira uma grande festa! Todos se conhecem e ficamos pulando de barco em barco. O meio de locomoção são os Jet skis que nos levam de um barco ao outro. E compartilhamos drinks, refeições e boas risadas. Nunca imaginei que um povo tão tradicional pudesse ser tão animado e farrista.

friends Qais Al Said, eu e Lubna Al Zawawi em Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

happyGabyOlha a felicidade da pessoa por estar em Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

Ai vocês me perguntam, e ele usam roupas de banho como no Brasil, Gaby?! As mulheres usam biquínis sim (mais compostos que os nossos vamos combinar?!) e os homens shorts (nada de sunga, é proibido). Nesse lugar não vi ninguém de Burquini, mas no Resort vi várias mulheres! Tem guia do que levar na mala pro Oriente Médio (AQUI).

Outras curiosidades sobre Omã… eles são bilíngües, falam árabe e inglês em todo país e possuem ainda alguns dialetos diferentes. Que bom né gente?! Seria difícil me comunicar em árabe, já que não tenho domínio da língua apesar de ter tantos amigos. Quem sabe um dia?!

Outra coisa, o fim de semana é sexta e sábado. Domingo pra eles é dia de branco!

mePôr do Sol em Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

Passamos a tarde nesse lugar incrível! O pôr do sol com certeza um dos mais mágicos da minha vida!

sunsetA lua cheia maravilhosa sobre a lagoa de Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

Definitivamente um dos dias mais surreais e inesquecíveis ever!

Mas o dia não acabaria aí. Seguimos com amigos de outro barco para um churrasco que se prolongou madrugada a dentro. Já dá pra voltar no tempo?! Quero esse dia de novo!

meboatContemplando a beleza de Bandar Al Khayran – Foto: Acervo Style Guide

 

Se você visitar Omã não se esqueça de programar um dia em Bandar Al Khayran, prometo que você não vai se arrepender!

 

memosqueSultan Qaboos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

 

Outro local que nunca vou esquecer a visita é o Sultan Qaboos Grand Mosque (A Grande Mesquita do Sultão Qaboos) que é a mesquita mais importante do Sultanato de Omã.

1Sultan Qaboos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

A Grande Mesquita recém-construída foi inaugurada pelo Sultão de Omã em 4 de maio de 2001.

42Eu num dos corredores do Sultan Qaboos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

41Parte externa do Sultan Qaboos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

 

43  A beleza e a limpeza do mármore no Sultan Qaboos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

O lugar é de nos deixar de queijo caído pela beleza e pela limpeza! Fiquei impressionada como eles conseguem manter todo aquele mármore tão impecavelmente limpo! E haja mármore gente!

46Sala de orações para mulheres no Sultan Qaboos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

49Sala de orações para mulheres no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

47Detalhe do teto de madeira típico Omani da sala de orações para mulheres no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

45Detalhe dos lustres da sala de orações para mulheres no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

 

Os salões de orações são divididos entre os espaços para mulheres e para os homens. O salão de orações para os homens é maior e muito mais ostentador.

Aliás eu já sabia que os homens eram dominantes no Oriente Médio. Por exemplo quando um pai morre a filha só fica com metade da herança do irmão. E nos Emirados Árabes os homens podem ter mais de uma esposa. Em Omã os homens são em sua maioria monogâmicos! O Sultão de Omã por exemplo continua solteiro, viu meninas?!

O que eu não esperava era encontrar uma linhagem de mulheres de personalidade forte, bem sucedidas e respeitadíssimas inclusive pelos homens! Sinceramente esperava encontrar mulheres subalternas aos homens e não foi isso que vi. Vi uma sociedade evoluída onde as mulheres tem o seu lugar ao sol. É o velho mundo evoluindo!

25Detalhe dos lustres da sala de orações para homens no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

colunaDetalhe da majestosa pilastra de sustenção da sala de orações para homens no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

26Detalhe do tapete da sala de orações para homens do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

Na sala de oração dos homens tem o segundo maior tapete de peça única do mundo. O tapete levou quatro anos para ficar pronto e reúne as tradições clássicas de design Tabriz, Kashan e Isfahan.

37Detalhe do gigantesco lustre da sala de orações para homens do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

27Detalhe do lustre da sala de orações para homens do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

35Eu e Lubna na sala de orações para homens no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

Outro grande destaque é o imenso lustre de cristais dessa mesma sala. O lustre tem 14 metros e pesa 8 toneladas. Foi fabricado pela empresa Fausting da Alemanha, os cristais trazidos da Áustria e é o maior candelabro do mundo!

676Riqueza de detalhe da claraboia da sala de orações para homens do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

33Eu e Lubna no altar da sala de orações para homens no Sultan Qaabos GrandMosque. Observem a riqueza dos azulejos! – Foto: Acervo Style Guide

A Mesquita é cercada por lindos jardins. A entrada então tem jardins super bem cuidados e fontes lindissímas que nos levam a entrada principal da Mesquita.

51 Jardim externo no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

fonteFonte na entrada do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

50Eu de Abaya no Jardim externo do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

As mulheres para entrar na Mesquita não podem estar com roupas transparentes ou descompostas e precisam estar com a cabeça e rosto parcialmente cobertos. Eu optei ir de Abaya (vestimenta tradicional das mulheres Omani). A Abaya é um vestido longo preto que se estende até os pés e é acompanhado de um véu para cobrir a cabeça e o rosto. Confere o post completo sobre as vestimentas árabes aqui.

Nos pés calçamos algo prático como sándalias, pois precisamos colocá-las num compartimento para sapatos antes de entrar na Mesquita. Nós entramos na Mesquita descalços ou de meia.

17Lavatórios nas laterais do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

Existem lavatórios nas laterais da Mesquita para que as pessoas se limpem antes de entrar nas salas de oração. Eles acreditam que é um momento de purificação.

As mulheres antes de sair para rezar na Mesquita purificam a si mesmas e suas casas com insensos.

mebestEu em um dos ninchos Temáticos do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

6Nincho Temáticos do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

7Os ninchos Temáticos representam a cultura Omani  – Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

Pelos corredores da Mesquita nos deparamos com belíssimos ninchos de azulejos que representam o artesanato e a cultura Omani. Cada uma delas expressa a cultura e cores de uma determinada região ou cultura do país.

11Ninchos Temáticos do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

15Ninchos Temáticos do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

13Beleza dos inúmeros espaços externos no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

 

A cúpula de ouro no topo da Mesquita do Sultan Qaboos, muito característica da arquitetura árabe, é coberta por uma discreta fonte de água que proteger e conservar o dourado dos danos causados pelo forte sol quente de Omã.

Outra curiosidade sobre Omã é que quase nunca chove por lá. O tempo é sempre quente e seco. E quando chove é um perigo, pois as pedras deslizam das montanhas rochosas e causam desmoranamento de casas. Já imaginaram uma avalanche de pedras?! Pois é isso mesmo que acontece por lá quando chove.

18Beleza da área externa do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

12Beleza do piso no Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

22

Beleza da área externa do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

 
19
Beleza da área externa do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide
10
Beleza da área externa do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide
9
Beleza da área externa do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

3Beleza dos detalhes encantadores do Sultan Qaabos Grand Mosque – Foto: Acervo Style Guide

Espero que tenham gostado desse segundo artigo sobre Omã! Não se esqueça de ler o primeiro artigo aqui

Esses lugares aqui tem um lugar especial no meu coração!

Visitem Omã! Vale muito a pena conhecer essa cultura, lugar e povo! #ficaadica

Em breve novo artigo sobre essa viagem maravilhosa!!!

Continuem nos acompanhando!

Beijin

Leiam Também:

Omã – Muscat – Uma jornada inesquecível! – Parte 1

Um pouco sobre as vestimentas e cultura árabe

Descobrindo os temperos e sabores árabes

 

The Bank – Conheça um dos melhores restôs de Muscat – Omã

Mini guia de guarda-roupa para uma viagem ao Oriente Médio

Dois dias intensos em Dubai

 

 

 

 

 

Share This:

Omã – Muscat – Uma jornada inesquecível! – Parte 1

Viagem
Maio 08.2017

 

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d76Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

 

Essa grande jornada começou sem prévios planejamentos. Tinha acabado de entregar dois projetos grandes e estava num dia de descanso quando recebi uma ligação de minha querida amiga Lubna me falando da Conferência da Condé Nast em Muscat. E foi tudo muito rápido. Em uma semana veio o convite da Condé Nast, depois o patrocínio para a viagem a Oman. Eu simplesmente não acreditava que tudo aquilo estava acontecendo comigo!

Me deu um frio na barriga por fazer uma viagem para tão longe. Depois que virei mãe fiquei meio medrosa de fazer viagens longas e de ficar mais de uma semana longe dos meus pequenos, mas era uma grande oportunidade!

O Style Guide seria o único meio de comunicação do Brasil cobrindo uma das conferências mais importantes de moda do mundo e ainda teríamos a oportunidade de mostrar um dos países mais lindos do mundo e tão pouco explorados por brasileiros.

Sem contar que sempre tive uma fascinação pela cultura árabe e tinha muito curiosidade de entender o porquê.

Acho que umas das minhas primeiras dúvidas foi o que levar na mala para um país no Oriente Médio, e estou tem um post especial sobre isso (Aqui) para quando você pensar em fazer uma viagem similar. Eu não tive muito tempo pra pensar, porque como já falei foi tudo muito rápido e eu meio que overpacked, mas o post que estou fazendo vai te ajudar a não cometer o mesmo erro! Fiquem ligados!

Uma coisa importante vocês precisam saber dejá, em Oman segue-se à risca alguns costumes religiosos: as mulheres  não devem usar saias curtas nem blusas decotadas em público. Biquínis, só nos hotéis. E os homens devem usar bermudas tanto na praia como na piscina.

A viagem pela Qatar foi incrível e conto tudo no primeiro post que fiz sobre a viajem (leia aqui).

Chego em Muscat as três da manhã, depois de quase 24 horas viajando e me senti muito especial de ter minha querida amiga Lubna me esperando no aeroporto. Lubna e eu somos amigas há 15 anos. Estudamos moda juntas em Firenze e ela já esteve aqui no Brasil e amou! Ela sempre havia me convidado para conhecer Oman, mas tanta coisa aconteceu na minha vida que não tive a chance. Mas é isso, tudo acontece na hora certa!

Sete horas de diferença no fuso, não tem como mexer com nosso organismo. Passei um dia descansando e começamos então com uma programação intensa que só parou no dia que voltei.

bandeiraomanBandeira de Omã

 

Sobre Omã…

Omã (em árabe: عمان, lit. ‘ʻUmān‘), ou, mais raramente, Omão, oficialmente Sultanato de Omã (em árabe: سلطانة عمان), é um país árabe na costa sudeste da Península Arábica. Com uma posição de importância estratégica na foz do Golfo Pérsico, o país faz fronteira com os Emirados Árabes Unidos a noroeste, Arábia Saudita a oeste, e Iémen ao sul e sudoeste, e compartilha fronteiras marítimas com o Irão e Paquistão. A costa é formada pelo Mar da Arábia, no sudeste, e pelo Golfo de Omã no nordeste. Os enclaves de Madha e Musandam estão rodeados pelos Emirados Árabes em suas fronteiras terrestres, com o Estreito de Ormuz (que partilha com o Irão) e o Golfo de Omã formando os limites costeiros de Musandam.

A partir do final do século XVII, o Sultanato de Omã foi um poderoso império, competindo com Portugal e Grã-Bretanha pela influência no Golfo Pérsico e no Oceano Índico. Em seu auge, no século XIX, a influência e controle de Omã se estendia através do Estreito de Ormuz aos atuais Irão e Paquistão, e até o sul de Zanzibar (hoje parte da Tanzânia, também sua antiga capital). Como o seu poder declinou no século XX, o sultanato ficou sob a influência do Reino Unido. Historicamente, Mascate foi o principal porto comercial da região do Golfo Pérsico. Mascate também esteve entre os portos comerciais mais importantes do Oceano Índico. A religião oficial de Omã é o Islã.

Omã é uma monarquia absoluta. O Sultão Qaboos bin Said Al Said têm sido o líder hereditário do país desde 1970. É o atual governante mais antigo no Oriente Médio, e o sétimo monarca cujo reinado é o mais longo do mundo.

Omã possui modestas reservas de petróleo, ficando em 25º a nível mundial. No entanto, em 2010, o PNUD classificou Omã como a nação mais aprimorada no mundo em termos de desenvolvimento durante os últimos 40 anos. Uma parcela significativa de sua economia vem do turismo e do comércio de peixes, e de certos produtos agrícolas. Isso o diferencia de economias exclusivamente dependentes do petróleo, como seus vizinhos. Omã é classificado como uma economia de alta renda e ocupa a posição 74º de países mais pacíficos do mundo, de acordo com o Índice Global da Paz.

De volta a minha viagem….

Eu nao via a hora de começar a explorar Muscat e a minha primeira parada foi conhecer os perfumes e aromas das especiarias árabes. A culinária árabe é uma das minhas favoritas. Alguns dos temperos mais conhecidos são a pimenta síria e o zaatar. Tem um post mais completo sobre os condimentos e seus significados na nossa página de gastronomia (leia aqui).

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cb9Temperos Árabes – Foto: Arcevo Style Guide

 

Os cheiros das especiarias árabes me fascinam tanto quanto a própria cultura. Adorava quando a mãe de Farah (uma grande amiga da Jordânia) vinha nos visitar na Itália e cozinhava suas especialidades árabes para nós! Eu esperava ansiosamente por esse momento!

Como sempre tive muitos amigos árabes tive a oportunidade de ter contato não só com a cultura, mas com a culinária. E no Brasil a culinária árabe é muito conhecida, destaque para o nosso Kibe abrasileirado que amo mais que feijão!

Vale lembrar que a maior colônia libanesa fora do Líbano fica em São Paulo! A culinária libanesa é a culinária árabe mais conhecida e mais difundida pelo mundo! Até mesmo pelos árabes de outros países além do Líbano, claro!

Eu fiquei enfeitiçada por aquele perfume de condimentos. Queria ter trazido tudo para o Brasil, o que não aconteceu, mas pude desfrutar do melhor da culinária árabe durante minha estadia. E achei melhor fazer vários posts sobre esses sabores e locais que visitei e que vocês precisam conhecer em Omã, pra nossas matérias não ficarem tão longas e vocês terem a oportunidade de conhecer melhor cada um desses lugares especiais!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cf9Paris Gallery – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cfa

Fonte do Paris Gallery – Foto: Arcevo Style Guide

 

Nesse mesmo dia Lubna me levou para dar uma volta pela cidade. Fomos ao Paris Gallery em lojas especializadas em artefatos Omani. Um dos objetos mais interessantes são os o assa (bengala ou cajado usado unicamente em ocasiões formais) e o khanjar. O khanjar é uma adaga curva cerimonial, vestida na cintura durante ocasiões formais, e descrita como um símbolo importante da elegância masculina.

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cc0Omani Handcrafts – loja de artefatos omani no Paris Gallery, vale a visita! – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_4056Khanjar – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cc1 O Khanjar no cinturão tradicional – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cc2Espadas Tradicionais Omani – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cc4Pulseiras tradicionais Omani – Foto: Arcevo Style Guide

Outras peças bem características Omani são as pulseirinhas que levam spikes no seu entorno. Elas são tradicionalmente em prata, mas são encontradas em ouro também. As chaleiras para o café árabe são maravilhosas e muito tradicionais nas casas Omani. Deve-se servir e segurar o café árabe com a mão direita para boa sorte, segunda a tradição!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cc9

Eu segurando a chaleira tradicional de café árabe – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cc7

Chaleira tradicional de café árabe, vasos e perfumes Omani – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cd8

A tradicional foto do Sultão que os Omani preservam tradicionalmente em suas casas e é motivo de orgulho pra eles – Foto: Arcevo Style Guide

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cddTalheres e porta guardanapos tradicionais de Omã – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cdfIncensário – Foto: Arcevo Style Guide

 

Os incensários são utilizados quase que diariamente pelos Omani. As mulheres usam os incensários para se perfumar antes de sair de casa colocando-os por debaixo de suas Abayas e ainda tem o costume de incensar a casa não apenas pelo perfume mas por acreditarem que os incensos são protetores!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cff

Sandálias tradicionais usadas pelos homens de Omã – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d02Tradicional joalheria Omani, a Mouawad – Foto: Arcevo Style Guide

Nesse mesmo passeio vimos as sandálias tradicionais usadas pelos homens e visitamos a mais tradicional joalheria de Omã, a Mouawad.

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d06Royal Opera House de Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cb0Eu e Lubna no Royal Opera House de Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

O que mais me impressionou nesse passeio foi a beleza estonteante do Royal Opera House de Muscat que mantém a tradição de grandes casas de Óperas onde seu vestido de gala e black-tie são vestimentas obrigatórias em noites de apresentação. Pra fechar o dia tomamos um café no Parisiense Fauchon na praça do Royal Opera House, must-go total em Muscat!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3cb1Fachada do Fauchon Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d0dTomando um café com Lubna no Fauchon Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d0aCamarões com abacate e tabule verde do Fauchon Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d71Fachada do Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3dc4Entrada do Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

 

No dia seguinte fomos ao Mutrah Souq. O Mutrah Souq é um dos mercados mais antigos do mundo árabe. Durante séculos, serviu como um lugar para o comércio de mercadorias que passavam pelo porto de Muscat, vindas da Índia, China, Europa e outras partes do Oriente Médio. Hoje, o Souk ainda é um mercado movimentado devido ao comércio de produtos locais, como frutas, legumes, ervas e especiarias, além de têxteis tradicionais, roupas, jóias, incensos, cachimbos, cerâmica e artesanato. Vale explorar as vielas sinuosas e seguir as doces fragrâncias dos extratos de perfume, jasmim fresco e especiarias.

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3db3 Lamparinas e artesanato Omani – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3db0 Sandálias e sapatinhos bordados – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3dad Artesanato local – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3daa Incensários e incensos – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3da4 Lâmpadas de Aladin – Artesanato local – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3da3Artesanato local – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3dccLojas de ouro, muito tradicionais no Souq – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3dcfO ouro tem bom preço no Souq! – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3dc2Tecidos bordados – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3ddcPassamaneria tradiconal omani – Mutrah Souq – Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

O Souk é de enloquecer! Dá vontade de levar quase tudo pra casa! Mas o mais legal mesmo é curtir e admirar aquele local, sentir o cheio de incenso e absorver um pouco da cultura Omani.

Ali de frente ao Mutrah Souk, fica a Marina de Muscat. E que maravilhosa que é a marina de Muscat!!! Do meio das montanhas rochosas surgem oásis cheios de coqueiros e parques verdes. Na marina onde antes se faziam trocas mercantis importantes hoje o navio mais importante é o super Yatch do Sultão, deixado ali para ser observado. E lá do alto um observatório com arquitetura típica árabe é iluminado de verde para deixar a paisagem ainda mais rica de detalhes!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d83Paisagem típica de Omã: Montanhas Rochosas e árvores de Tâmaras – Foto: Arcevo Style Guide

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d8aObservatório da Marina de Muscat – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d9b

Marina a frente do Souq – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d92O super Yatch do Sultão- Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d7bVista da Marina e do Observatório de Muscat a noite- Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d94Pôr do Sol de frente ao Souq – Foto: Arcevo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3d8fO formato das lamparinas tradicionais em Muscat- Foto: Arcevo Style Guide

 

Essa é apenas a primeira parte dessa viagem. Tem muito mais pra mostrar pra vocês!

A próxima matéria tem o meus dois lugares favoritos em Muscat, e acreditem são dois dos locais mais surreais que já estive na vida! Leia a segunda máteria da viagem aqui!

Não deixem de conferir as próximas matérias dessa viagem espetacular a Omã!

Saiba mais sobre os temperos árabes aqui!

Saiba mais sobre as vestimentas árabes aqui!

Beijin

Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Omã

 

 

 

Share This:

A experiência surreal de viajar com a Qatar United Airlines

Viagem
Maio 05.2017

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c28Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c6aFoto: Arquivo Style Guide

 

Uma das experiências mais incríveis que tive nos últimos tempos foi viajar com a Qatar United Airlines. A escolha pela companhia foi feita pelos meus contratantes de Oman que me garantiram que era umas das melhores companhias aéreas da atualidade. E eles estavam certíssimos!!!

 

aviao
Aeronave da Qatar United Airlines – Foto: divulgação/reprodução: site oficial Qatar

Venhamos e convenhamos que para agradar uma globe trotter como eu que já teve a oportunidade de viajar muito, em diversas companhias aéreas, e muitas vezes na classe executiva e primeira classe não é uma tarefa fácil, mas a Qatar conseguiu superar todas as minhas expectativas. Falo isso muito modestamente, porque senão tivesse tidos tantas experiências interessantes não teria respaldo para escrever para vocês sobre tantos assuntos, incluindo viagens. Pra falar com propriedade precisamos ter tido muitas experiências que ao longo do tempo apuram o nosso bom gosto, vamos combinar?! E sempre trabalhei muito para me dar o luxo de viajar muitas vezes com conforto.

 

O conforto na Qatar começa pelo atendimento! Logo no check-in da Qatar a gente percebe a alta qualidade no atendimento. Eles se superam na cordialidade e gentileza. Para vocês terem uma ideia, eles colocaram as minhas malas na balança (que companhia aérea faz isso minha gente?!). E sim essa gentiliza faz toda diferença sim! Principalmente para uma fashionista que não sabe viajar com pouca bagagem. Esse serviço deveria torna-se praxe especialmente para viajantes de primeira classe e executiva.

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c1fAs malinhas da Fashionista! rsrs – Foto: Arquivo Style Guide

 

Outra coisa interessante é a preocupação com nosso bem-estar. Ainda no balcão do check-in eles me perguntaram se eles poderiam me auxiliar para que eu tivesse uma viagem mais agradável (mais uma vez, que companhia pergunta isso?!). Eu quase respondo: “Só me carregando no colo!…rsrs)

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c2aOs surfistas na fila do check-in da Qatar – Foto: Arquivo Style Guide

 

Na fila do check-in, metade da população de surfistas do Brasil embarcava no mesmo vôo. Supostamente era temporada de grandes ondas e de Doha partiriam para outros destinos.

Ah sim, nosso vôo era de Guarulhos (São Paulo) para Doha. Soube que Doha tem sido grande ponto de conexões para o Oriente Médio e Ásia. E você só entende o porquê quando chega no aeroporto de Doha. O aeroporto de Doha tem uma super estrutura, tem até um metrô interno para nos levar para nossos portões/terminais (coisa que os aeroportos do Brasil poderiam pensar em fazer, pois está complicado ir de um terminal para o outro nos aeroportos internacionais do Brasil principalmente carregando bagagens!).

O vôo de GRU (Guarulhos) para Doha levaria 14 horas ( pense num frio na barriga!) e de Doha eu ainda teria um outro vôo para Muscat – Oman de uma 1hr e 10 minutos. Ah, vale lembrar que meu ponto de partida foi Salvador (2 hrs até São Paulo). Mais de 17 horas de vôos e muita espera nos aeroportos! Quase 24 hrs de viagem, sim porque perdemos 7 horas, já que o fuso de lá são 7 horas a mais.

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c3eExecutive Lounge de Guarulhos – Foto: Arquivo Style Guide

 

Bom, pra uma viagem tão longa, conforto é quase um pré-requisito! Um dos benefícios de viajar de primeira classe e/ou executiva são os Vips Lounges. O de Guarulhos oferece bom buffet e algumas opções de bebibas, mas nada comparado ao de Doha, vamos combinar?! Precisamos evoluir muito ainda para chegar aquele nível!

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c3bExecutive Lounge de Guarulhos – Foto: Arquivo Style Guide

 

De volta a Qatar, é chegada a hora do embarque. Priorities first! Adoro isso de não ter que esperar aquela fila gigante, e quem não gosta?! Sou recebida com pompas! Uma comissária de bordo se apresenta e me diz que será responsável por cuidar de mim durante todo o vôo ( oi?! Uma pessoa cuidando de mim o vôo todo! Será que gosto de ser mimada?!). Champagne francês foi minha primeira pedida, claro! O difícil foi escolher entre a Lanson Rosé e o Billecart-Salmon. Preciso admitir que a seleção de vinhos do menu foi a mais top que já peguei em vôos na minha vida!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c95Primeira pedida, Champagne e uma perrier para acompanhar! – Foto: Arquivo Style Guide

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c44Os menus do vôo e o pijama que ganhamos de presente da Qatar- Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c52O menu do jantar – Foto: Arquivo Style Guide

 

O menu do jantar e café da manhã também estavam sensacionais! E posso afirmar elonquetemente, tudo o que provei (e provei quase tudo…rsrs) estava divino! Serviço impecável, comida quentinha. Você define a hora das suas refeições e chega tudo pontualmente. Ah e tudo muito bem servido, as porções são mais que satisfatórias.

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c49Sopa de entrada – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c6fSegunda entrada farta (quase um jantar)- Foto: Arquivo Style Guide

Prato Principal – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c72Sobremesa – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c53Menu de filmes  – Foto: Arquivo Style Guide

 

E vamos falar que comer vendo um filme bacana também faz toda a diferença, né?! Claro que eles tinham que ter uma super seleção de filmes novos, séries, música, etc. Eles capricham muito nos detalhes!

 

seatreviews
Imagem das cabines da primeira classe da Qatar – Foto: divulgação/reprodução: site oficial Qatar
assentocama
Imagem do assento cama na primeira classe da Qatar – Foto: divulgação/reprodução: site oficial Qatar
seats
Imagem geral das cabines da primeira classe da Qatar – Foto: divulgação/reprodução: site oficial Qatar

 

E falando em detalhes, acho que o detalhe mais importante do vôo é o conforto das nossas cabines. Isso mesmo! Esqueça essa coisa de cadeiras, na Qatar temos uma mini cabine. Recebemos ao chegar na aeronave um pijama no nosso tamanho e chinelos atoalhados. A cadeira quase fala, tem tanta coisa que você pode fazer com o controle da cadeira que você fica meio perdido. A função mais cool, é de transformar a cadeira em cama! Ah essa é a função que mais amo na vida! Eu geralmente não durmo em vôos, mas nesse dormi a noite inteira, a minha Ama (nominei assim minha comissária exclusiva…rsrs) precisou me acordar para tomar meu café da manhã (eu já tinha deixado selecionado meu café e o horário para tomá-lo).

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c54Controle incrível da cadeira/cama  – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_457eAté compartimento para guardar nossos sapatos eles tem no avião – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c4fBom dia Oriente Médio!  – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c51Menu de Café da Manhã  – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c71Frutinhas do Café da Manhã – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c5aMinha escolha de café da manhã  – Foto: Arquivo Style Guide

 

Pronto lá se foi o meu medo de vôos muitos longos! Agora o céu é o limite, principalmente porque não lembro de uma turbulência, graças a Deus! Porque tenho medo de voar, pode isso?! Pois é, tive um acidente de avião que mudou minha perspectiva sobre voar, mas isso é história para um outro post. Enfim depois desse vôo só penso em viajar para lugares distantes, aliás quero explorar muito ainda o Oriente Médio, me aguardem!

Juro que fiquei triste quando o vôo acabou, foi tanta mordomia e conforto que acho que poderia morar ali. Ama só faltou colocar meu pijama, juro!

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_4567O design arrojado e moderno do Executive Lounge – Aeroporto de Doha  – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_4565Executive Lounge – Aeroporto de Doha – Foto: Arquivo Style Guide

 

Doha Doha! Primeira vez em Doha e primeira vez no Oriente Médio, frio na barriga total! Mas a segurança de ter umas das minhas melhores amigas no mundo me esperando no meu destino final!

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c6bExecutive Lounge – Aeroporto de Doha –  – Foto: Arquivo Style Guide

 

O aeroporto de Doha é surreal! Milhões de lojas, cafés, restaurantes e tudo de primeira linha. Dá pra enlouquecer real naquele aeroporto! Mas eu não enlouqueci, fui uma good girl e só fiz parada no Vip Lounge e que Vip Lounge! Senhor! A começar pelo design diferenciado do lugar. Várias sessões diferenciadas para o descanso dos passageiros em trânsito e muitos plugs para você recarregar seus eletrônicos. E dentro do VIP Lounge um restaurante a buffet daqueles que você nem sabe por onde começar. Eu fui nos clássicos: homus, sopa e champagne! Já tinha comido tanto, né minha gente?! Belisquei mesmo só pra dizer que provei a comida do Vip…rsrs

E de quebra ainda tinha conhecido um anjo no avião que conhecia bem o aeroporto e me guiou por ele. Oh sorte! Obrigada Perci!!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c7eEscolhas no Vip Lounge em Doha – Executive Lounge – Aeroporto de Doha –  – Foto: Arquivo Style Guide

 

Para o meu próximo destino peguei um metrô interno até o meu portão de embarque, tudo isso dentro do aeroporto de Doha mesmo. Aliás eles estão criando uma super estrutura no aeroporto e na cidade para receber a Copa do Mundo próximo ano. Vale muito a pena ir viu gente?!

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_457bDeserto em construção para a Copa do Mundo 2018 – Foto: Arquivo Style Guide

 

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c98Devidamente acomodada na minha cabine na Primeira Classe -Próximo destino: Muscat – Oman – Foto: Arquivo Style Guide 

 

O embarque de primeira classe da Qatar é separado. Tínhamos até entrada privê, acho tudo isso muito chic e vocês?! O serviço foi impecável como o primeiro. A minha cabine, um pouco menor, pois o avião era menor, mas muito confortável e disponibilizava de quase todos os serviços do vôo internacional. O que mais amei nesse vôo foi receber o café árabe, que sempre foi um vicio meu, já que sempre tive muitos amigos árabes que me viciaram nesse café leve com um toque de gengibre e ainda tâmaras. As tâmaras são tradicionais no Oriente Médio, eles acreditam que trazem prosperidade! Eu também, não sei ao certo se foram as tâmaras que me deram tanta sorte, mas só posso dizer que minha viagem foi um sucesso total devido a isso ou a minha fé nisso! Rsrs….

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c97Café Árabe e Tâmaras da prosperidade e sorte – Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c82Eu e meu café árabe – Uma longa história de amor!- Foto: Arquivo Style Guide

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_3c9bJantar do vôo a caminho de Muscat – refeição mais compacta, mas tão deliciosa quanto no primeiro vôo – Foto: Arquivo Style Guide

 

Uma hora e 10 minutos depois chego ao meu destino final, Muscat. Desembarcamos antes num ônibus chiquérrimo só para nós da primeira classe. Para vocês terem uma ideia, até a cadeira do ônibus era especial, com massagem e tudo. Um luxo! Mais uma das muitas regalias exclusivas da Qatar United Airlines!

Na entrada no saguão antes mesmo de chegar ao controle de passaportes um homem me esperava com uma placa com meu nome. Fui levada a uma área Vip e lá eles providenciaram meu visto de entrada e eu esperei confortavelmente com meu café árabe e minhas tâmaras. Esse não foi um serviço da Qatar, mas dos meus patrocinadores que organizaram a minha vinda a Muscat. Pra vocês entenderem o nível! Impossível não se sentir especial!

Mais especial foi chegar as 3 da manhã e ter sua melhor amiga te esperando! Oh sorte! Thank you my dear Lubna!!

Definitivamente viajar de Qatar mudou meu conceito sobre classe executiva e primeira classe. Acho que depois da Qatar vai ser difícil gostar tanto de outra primeira classe, mas continuarei testando e passando essas experiências para vocês.

Então se você esta pensando em ir pro Oriente Médio ou fazer conexões para a Ásia, essa é a companhia a escolher! #ficaadica

Uma experiência simplesmente surreal de qualidade de atendimento e conforto!

E não percam as próximas máterias sobre essa viagem extraordinária! Essa é só a primeira de muitas que estou escrevendo para vocês!

Beijin

Ps: Um super obrigada aos meus patrocinadores por me proporcionarem essa experiência única! Vocês me fizeram me sentir muito especial!

E parabéns a Qatar Airways por sua alta qualidade!

Share This: